Notícias Cuiabá

Ciro diz que Padilha faz filme que associa assassinos de Marielle a Queiroz e Bolsonaro

Ciro diz que Padilha faz filme que associa assassinos de Marielle a Queiroz e Bolsonaro
Foto: Reprodução

Por REDAÇÃO

Em entrevista publicada no canal de Leda Nagle no Youtube, Ciro Gomes (PDT) revelou que o cineasta José Padilha (“Narcos”, “Tropa de Elite e “O Mecanismo”) prepara um novo filme no qual associa os milicianos acusados de ter assassinado Marielle Franco ao presidente Jair Bolsonaro e Fabrício Queiroz, policial militar, motorista e ex-assessor de Flávio Bolsonaro, suspeito de operar um esquema de “rachadinhas” no gabinete do parlamentar.

“Investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro alcançaram essas ligações e o Queiroz, que era lugar-tenente deles, tem dez homicídios nas costas e em julho desse ano que vem vai sair um documentário do Padilha, que me autorizou a devassar essa informação que ele me deu, que prova que o Queiroz, esses Anderson e esses cinco andavam juntos”, afirmou o ex-candidato à presidência, citando os ex-policiais militares Adriano Nóbrega, foragido desde janeiro por conta das investigações do caso, e Ronnie Lessa, executor do crime e vizinho de Bolsonaro.
“O Bolsonaro diz que se apropriou das fitas do condomínio antes que alguém fizesse alguma fraude. Deixa eu colocar um pouquinho de luz aqui. Se o Bolsonaro não tem nada a ver com isso, por que ele se interessou em pegar essas fitas?”, acrescentou Ciro, em referência às gravações da portaria do condomínio onde Bolsonaro e Carlos Bolsonaro possuem casa, nas quais o ex-PM Élcio de Queiroz, suspeito de participação no crime, é autorizado a entrar para encontrar um vizinho, o ex-policial Ronnie Lessa, já preso, também pela execução da vereadora. As fitas podem ajudar a elucidar as lacunas do caso, já que em depoimento à Polícia Civil o porteiro afirmou que Élcio foi autorizado por “seu Jair”, da casa 58, a entrar no condomínio .
“Por que ele não faz pelos expedientes da lei? Com ação cautelar, que entra na Justiça, dizendo ‘olha, eu tomei notícia aqui que tem esse assunto assim, assim, assado, e eu exijo que a Justiça faça uma produção antecipada de prova pra ficar certo. Isso é o que se faz no direito. Mas não, ele vai lá e faz, o que é isso? As conexões são flagrantes, percebe? Não creio que seja assim o jornalismo da Globo acho que foi apressado em associá-lo à morte da Marielle, mas a ligação dele com as milícias é flagrante, isso não dá pra esconder”, questionou.
administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Noticias Cuiabá Resultados da pesquisa por “” | Noticias Cuiabá | Politica Cuiabá Noticias Cuiaba | So midia Noticias Ciro diz que Padilha faz filme que associa assassinos de Marielle a Queiroz e Bolsonaro | Notícias Cuiabá